• alt text
  • alt text
  • alt text

Artigos e Críticas


O dia que o fusca quase foi guinchado

Por Aline Zilli

Como é sabido, o espetáculo As aventuras do fusca a vela, utiliza um fusca em seu cenário. Como de praxe e em tempos difícies, pedimos autorização para apresentar em uma praça em Caxias do Sul - RS. A autorização para apresentação foi dada, porém, para o entendimento da guarda municipal, não tínhamos autorização de colocar um veículo no local.... - Saiba Mais


A Mãe e o Monstro na Amazônia

Por Aline Zilli

O Grupo Ueba apresentou “A Mãe e o Monstro” no I Seminário Nacional Mulher, Justiça Social e Participação Popular, que aconteceu de 24 a 26 de novembro em Tefé, no Amazonas. Foi um importante momento de trocas e aprendizado. - Saiba Mais


As Aventuras do Fusca a Vela no Sertão

Por Jonas Piccoli

O Sertão virou mar! O grupo levou o espetáculo As aventuras do Fusca a Vela e atravessou de fusca o Sertão Nordestino - Saiba Mais


Para que serve a Arte?

Por Maya Falks

Arte é certamente a mais inexplicável das sensações. Sim, sensações. Por mais palpável que seja o objeto de arte – um quadro, por exemplo – não é a tela, a textura, a tinta que te toca, mas o universo que o artista ali colocou. Mesmo que se possa tocar, o toque só se converte em arte ao provocar uma sensação. E sempre provoca. - Saiba Mais

 


A arte como instrumento de aproximação

Por Aline Zilli

O que tem em comum Presidiários, policiais, travestis e palhaços? Essa é uma longa história sobre quatro horas em um Festival! Buscando traçar um paralelo entre esses tipos, vasculhei a memória em busca de uma referência que pudesse unir, e a única resposta foi a do que vivenciei hoje! - Saiba Mais

 


Crítica - As Aventuras do Fusca a Vela

Por Renato Mendonça

A participação da Ueba Produtos Notáveis no 8° Fitrupa permitiu que se fizesse um experimento de observação quanto aos aspectos de encenação e recepção na medida em que o grupo de Caxias do Sul (RS) apresentou “As Aventuras do Fusca a Vela” em três locais diferentes de Porto Alegre, em três dias diferentes, para públicos com perfis diversos. Evidentemente, as conclusões devem ser consideradas à luz da subjetividade de quem observa... - Saiba Mais

 


Como nos perdemos entre monstros de nossa própria criação

Por Márcio Silveira

Creio que seja aí que o Grupo acerta o passo nesta encenação, levantando a discussão das “falências” de hoje na sociedade como um todo, tendo como foco condutor a questão da violência contra a mulher, a exemplo do autor francês que em seu conto mostra como uma mulher se transforma em uma fábrica de monstros com o manejo de um espartilho. Fornecendo anualmente crianças disformes aos exibidores de fenômenos bizarros da natureza humana... Saiba Mais

 


Reflexões sobre o Bom Quixote

Por Márcio Silveira

Em meados do ano de 2010 fui convidado pelo Grupo UEBA Produtos Notáveis, com sede na cidade de Caxias do Sul, localizada na serra gaúcha, para participar de um novo projeto. Consistia na realização da dramaturgia de um espetáculo de teatro de rua com base no livro Dom Quixote, de Miguel de Cervantes. Afeito a desafios, aceitei com muito gosto.... Saiba Mais

 


O Fusca e a Baleia

Por Márcio Silveira

O “espaço” desde o tempo dos gregos foi assunto de inquietude do teatro. Já, para a linguagem do teatro de rua é uma inquietude urgentíssima e infinita. Tanto que há muito tempo passa a ser condição sine qua non de investigação dos grupos teatrais, ocasionando em seu processo criativo um ganho significativo. Os espetáculos de rua passaram a constituir nos últimos 25 anos um leque muito grande de ressignificações do espaço ... Saiba Mais

 


Crítica Radicci e Genoveva

Por Antônio Carlos Holfeldt

Na semana passada, falei da passagem da crônica para o teatro. Hoje, vou falar da passagem das tirinhas dos quadrinhos para o teatro. Refiro-me ao personagem Radicci, criação de Iotti, que ocupa há muitos anos as páginas de jornais de Caxias do Sul e, mais recentemente, de Zero Hora. Há tempos, o grupo Ueba - Produtos notáveis, de Caxias do Sul, fez esta transposição... - Saiba Mais

 

 

  • BREVES

    Post
    As aventuras do Fusca a Vela no Sertão Nordestino 14 de novembro de 2016O grupo fará uma turnê no Nordeste com o espetáculo As aventuras do fusca a vela
    As aventuras do Fusca a Vela no maior Festival de Teatro de Rua do País 14 de junho de 2016AS Aventuras do Fusca a Vela estará participando de um dos maiores festivais de teatro de Rua do Brasil - o Festival de Teatro de rua de Porto Alegre, nos dias 23, 24 e 25 de junho
    Post
    Zão e Zoraida na Itália 6 de maio de 2015A dupla de palhaços da Ueba levaram sua alegria para as terras Européias, ainda trocando experiência com o conceituado Teatro Ridotto de Bologna - milia Romana - Itália
    Post
    As aventuras do Fusca a Vela 14 de junho de 2015Estreia o mais novo e ousado espetaculo de rua do grupo Ueba - As aventuras do Fusca a Vela - baseado em Moby Dick, o espetáculo traz a cena urbana as histórias de um dono de um ferro velho que diz ser sobrevivente do Pequod, o baleeiro que tentou caçar a lendária Moby Dick. Tudo acontece junto a um fusca, que pode se transformar em barco, baleia e tudo o que a imaginação permite.
    Post
    Radicci e Genoveva nas Quintas de humor do Sesc 6 de novembro de 2014O SESC Porto Alegre realiza em novembro o projeto Quintas de Humor, toda a quinta-feira tem uma atividade humorística. O espetáculo Radicci e Genoveva fez a abertura desta edição e teve a casa cheia. Na sequência ocorrem apresentações do Guri de Uruguaiana, Homens de Perto e Paulinho Mixaria.
    Post
    Teatro e livro nas escolas 10 de dezembro de 2014 O Grupo Ueba foi pioneiro em levar às escolas de Caxias do Sul a literatura aliada ao teatro com os títulos A Mordaça e o infantil O Incrível Caso do Sumiço das Letras. A Mordaça, de foi lançada em 2013 e já teve mais de 2 mil livros adquiridos. O infantil, escrito por Jonas Piccoli, já atingiu a marca de mil pequenos leitores em menos de 6 meses.
  • CONTATO

    Grupo Ueba Produtos Notáveis - Rua Luiz Covolan, 2820 - Bairro Santa Catarina - Caxias do Sul - RS

    Fones: (54) 3028 81 92 - 3028 81 94 - ueba@grupoueba.com.br

    Veja como chegar no Moinho da Cascata - Grupo Ueba no Goolge Maps